Preços dos imóveis caem depois de seis meses de altas consecutivas

Depois de seis meses consecutivos, o Índice FipeZap encerrou o mês de maio de 2019 em ligeira queda nos preços de vendas de imóveis residenciais, com variação de -0,06%. A pesquisa considera 16 capitais. A cidade com a maior elevação de preço no mês foi Maceió (AL), com alta de 0,74%. A maior queda foi registrada em Salvador (BA), município que registrou o maior recuo mensal no valor de venda de imóveis residenciais, de -0,63%.

No acumulado do ano, no entanto, o Índice FipeZap de venda residencial acumula uma alta nominal de 0,32%. Em 12 meses, essa elevação foi de 0,21%. Brasília (DF) e Manaus (AM) apresentaram o maior aumento nominal em 12 meses (+4,39%), enquanto João Pessoa (PB) foi a cidade com maior recuo no preço médio (-2,56%), seguida por Fortaleza (CE) (-2,41%) e Maceió (-2,39%).

Em maio de 2019, o preço médio de venda de imóveis residenciais foi de R$ 7.184 por metro quadrado entre as 50 cidades monitoradas pelo Índice FipeZap. O município do Rio de Janeiro se manteve como a capital com o preço do metro quadrado mais elevado (R$ 9.455), seguida por São Paulo (R$ 8.914) e Brasília (R$ 7.308), revela o Extra.

Entre as capitais com menor valor médio de venda residencial por metro quadrado destacaram-se: Campo Grande (MS) (R$ 4.104), Goiânia (GO) (R$ 4.277) e João Pessoa (R$ 4.480).

Se quiser saber mais informações sobre mercado imobiliário, acesse o chat com Seu Castelar. Ele está lhe esperando para um bate-papo.

05/06/2019

(Visited 3 times, 1 visits today)